TRAPICHE GAMBOA

TRAPICHE GAMBOA

O Trapiche Gamboa surpreende pela amplitude e rusticidade.
Um dos charmes da casa é a sua localização em uma edificação datada de 1867 – um trapiche
utilizado para armazenar produtos dos navios que aportavam na Rua da Praia, atual Rua Sacadura
Cabral. São vários os materiais originais preservados dentro da casa, como o piso de ladrilho
hidráulico, as telhas francesas, as madeiras nobres usadas em vigas, escadas, telhado e patamares,
os portais de cantaria na entrada, as grades de ferro fundido e um antigo forno.

Inaugurado em 2004, o local é comandado pela simpática Claudinha, que sempre apreciou a
combinação de um bom bar com uma boa música brasileira, e fez do lugar um ponto que ela mesma
gostaria de frequentar.

A programação musical é intensa, variando conforme os dias da semana, com rodas de samba,
apresentações de jongo, chorinho e outros gêneros. O som é praticamente acústico, com os músicos
posicionados informalmente ao redor de uma mesa central e o público, exatamente como nos velhos
tempos.

O serviço oferece um extenso cardápio de petiscos típicos da culinária nacional. Destacam-se, entre
outros, os pastéis, bolinhos de aipim com camarão, o tradicional caldinho de feijão, a porção de
moela; e invenções da casa, como o bolinho de carne ao funghi, o bolinho de risoto de bacalhau, o
carpaccio da Claudinha e o patê rústico.

Também é oferecido o escondidinho nos sabores carne seca, frango e camarão, além da inusitada
versão com ossobuco e batata baroa. No menu de bebidas, a cerveja é a marca registrada da casa.
Caipirinhas, uísque e drinques especiais complementam as opções.

A animação no Trapiche Gamboa é um fato comprovado e, para conversas reservadas, os
mezaninos oferecem o ambiente ideal, complementado ainda por uma pequena e charmosa área ao
ar livre, no alto do último piso.

Instagram: https://www.instagram.com/trapichegamboarj

VOLTAR
Subir